sexta-feira, 28 de novembro de 2008

10 Razões para não utilizar o Ubuntu


Este texto é um copy-paste, do site Webtuga, e os creditos são todos para o seu autor "cenourinha".


Verdadeiramente engraçado! Mas acima de tudo Verdadeiramente....Verdadeiro

aqui vai :

1 - Não é possível testar antes de comprar

Como o Ubuntu é um software livre, não é possível testar antes de comprar, pois é impossível de comprar.
Por isso o Ubuntu não lhe dá a oportunidade de testar o software antes de pagar.

2 - A instalação de software é demasiado fácil

A instalação de software no Ubuntu via Synaptic ou apt-get é demasiado fácil. Com o synaptic basta fazer uma pesquisa, seleccionar as aplicações/bibliotecas que desejamos instalar e em poucos segundos elas estão instaladas. Simples, fácil e eficaz.
As pessoas estão habituadas a fazer muitas pesquisas e muitos click’s antes do programa estar instalado.

3 - Poucos vírus e muita segurança

Linux é um sistema bastante seguro, portanto não existe a necessidade de ter um anti-virus + anti-spyware + anti-adware + qualquer coisa para proteger os seus dados.

4 - Não tem software de produtividade caros

O Ubuntu não tem uma Suite de produtividade como o Microsoft Office que custa 400$, portanto provavelmente não presta.
O OpenOffice.org é gratuito e opensource, portanto se não se paga, não deve ser grande coisa (tal como o Ubuntu, se é gratuito não presta!).

5 - Não é possível comprar

Como já foi dito o Ubuntu é totalmente gratuito, portanto se não se paga e se até oferecem CDs do Ubuntu é porque provavelmente a ninguém quer o sistema operativo da Canonical e portanto a empresa distribui os CDs que não foram vendidos… provavelmente.

6 - Demasiadas aplicações gratuitas por onde escolher

Existem milhões de aplicações para Linux totalmente gratuitas e a maioria delas é opensource.
São tantas as aplicações que as pessoas têm problemas a escolher aquelas que lhe agradam.

7 - Documentado bem demais

A comunidade Ubuntu junta esforços para documentar todo o software e até mesmo traduzir em várias línguas. Ora se a documentação está em Português não vai prestar… pois o que é em Inglês é que é bom…

8 - Suporte gratuito e rápido

Para além da documentação, das centenas de sites/blogs/fóruns e restantes comunidades que existem para o ajudar a gerir o seu sistema operativo, existem ainda vários canais distribuídos pelas redes de IRC com pessoas dispostas a ajuda-lo em tudo o que for preciso.

9 - Demasiadas Interfaces por onde escolher

Apesar da maioria das pessoas pensarem que Linux ainda é um bicho de 7 cabeças e ainda é tudo por linha de comandos, o Linux permite escolher entre vários Gestores de Janelas (ex: Gnome, KDE, xFCE, etc…) e personalizar totalmente o sistema operativo.
Existem muitas mais configurações possíveis para deskmod em Linux do que em macOSx ou Windows.

10 - Demasiado Eye Candy

Para além dos gestores de janelas disponíveis, é possivel a instalação de pequenas aplicações que apesar de terem como principal objectivo tornar o ambiente Eye Candy, facilitam a vida de quem trabalha com várias aplicações, podendo ter vários desktops no mesmo sistema e agrupar as aplicações em cada um deles.

segunda-feira, 24 de novembro de 2008

Uma Prenda da Ubiquiti.


Como Prometido, depois do compra da NanoStation2, a Ubiquiti oferece uma T-Shirt. Para isso é necessário efectuar o registo online gratuito, e deixar uma simpática mensagem de chegada no forum da Ubnt.
A minha demorou mais de 2 meses a chegar, teve um longo caminho a partir da ilha de Taiwan!!


Obrigado Ubiquiti!

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Taken ( 2008 ) - é o Filme da Semana.

Taken - Busca Implacável e um dos mais recentes filmes "Made By" Luc Besson, que escreve o argumento e assina a produção, alias eu começo a gostar mais quando o Besson não se senta na cadeira do realizador!
Podem ver o trailer do filme aqui.

Taken é um puro filme de acção, feito para os fãs mais exigentes, e gira em torno de um reformado Espião/Segurança numa Busca Implacável pela filha raptada por uma organização de tráfego de mulheres em Paris.
Papel principal a cargo do Liam Nesson, que mostra que aos 50 anos até dava um boa "sova" num tal fulano chamado James Bond!

Piadas a parte.....Taken é um filme rápido e movimentado, com algumas espectaculares cenas como a de Nesson ao telefone ameaçando uns desconhecidos raptores........ mas o melhor é mesmo verem e ..........GOOD LUCK!!!!

quinta-feira, 20 de novembro de 2008

Adicionar o repositório de software Getdeb no Ubuntu!


Para quem não conhece, o Getdeb e um repositório de pacotes .deb "preparados e empacotados" para o Ubuntu. É uma das maneiras mais fáceis de adquirir a mais recente versão dos programas, versões que geralmente não estão nos repositórios oficiais do Ubuntu.

Este Howto, é para usar por conta e risco, pois instalar pacotes de software recentes e não oficiais no Ubuntu pode comprometer seriamente o seu sistema!

Assim e no menu :

Menu > Sistema > Administração > Fontes de Aplicações, e no separador Aplicações de Terceiros adicione a seguinte linha :

deb http://ubuntu.org.ua/ getdeb/ #Getdeb

Este repositório não é muito rápido mas esta muitíssimo bem actualizado.

Depois é só abrir a consola e na "maneira tradicional":

sudo apt-get update

sudo apt-get upgrade

sudo apt-get install pacote ( pacote = será substituído pelo nome do programa que deseja instalar )

Fácil!

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Dil Se - Chaiyya Chayyia

Inside Man ( 2006 ) foi um dos melhores filmes que vi nesse ano. A musica nos créditos iniciais e finais do filme ficou logo no meu ouvido durante algum tempo. Até que um dia resolvi pesquisar que língua e som era esse...

Mais surpreendido fiquei com os resultados da pesquisa quando vi o videoclip da canção! Muito engraçado, e a mim pessoalmente a fazer-me lembrar o videoclip mais "popular" de Michael Jackson...

Dil Se - Chaiyya Chayyia

Ensaio sobre a Cegueira

Blindness ( 2008 ) é o primeiro filme baseado numa obra literária do "nosso" Nobel José Saramago, com estreia marcada já na próxima quinta-feira dia 13 de Novembro.
Ensaio sobre a Cegueira nome do livro e nome do filme em Português, é a mais recente realização do premiado realizador Brasileiro Fernando Meirelles ( Cidade de Deus, Fiel Jardineiro ), onde uma cidade é devastada por uma epidemia de cegueira branca, que vai colocar todos os seus habitantes a beira da loucura e ás escuras, todos ou "quase" todos.
Blindness foi um filme não muito bem recebido no passado certame de Cannes 2008 onde teve a sua estreia, é um filme diferente e bastante forte mostrando as piores fraquezas do espírito humano numa sociedade a entrar em colapso.

Um filme para ir ver neste próximo fim de semana :

quinta-feira, 6 de novembro de 2008

ch3snas / dns-323 - Nzbget a reparar e extrair automaticamente!

Esta é uma pequena e recomendada actualização do meu howto anterior, em que agora o NZBGET não só faz downloads dos ficheiros RAR como vai efectuar a sua verificação, reparação e agora pasmem-se, efectua-a também a extracção!!! As longas horas a verificar ficheiros e a extrair posteriormente acabaram!!!
Os anteriores pacotes no howto anterior, alguns já não estão disponíveis, em parte devido ao Nzbget ser agora disponibilizado para a dns-323 directamente no site oficial.Que bom!!!

Assim podem adquirir todos os ficheiros necessários aqui, para os mais recentes compilações do Nzbget veja aqui. ( com o nome dns-323 são as que vamos utilizar, existem duas mas só precisamos de uma versão, a versão debug só utilizamos se houver algum problema ).

Consulte primeiro o howto anterior para melhor compreensão.

Assim e rapidamente com os novos ficheiros, o nzbget mova-o para /mnt/HD_a2/ffp/bin/,
o nzbget.conf, depois de previamente configurado com a(s) conta(s) de newsgroups e definições de cada um fica em /mnt/HD_a2/ffp/etc/
O nzbget.sh e opcional e serve para iniciar automaticamente o nzbget quando liga o NAS, caso pretenda fica em /mnt/HD_a2/ffp/start/, não esquecer de correr o comando chmod a+x /mnt/HD_a2/ffp/start/nzbget.sh.
O postprocess.sh, é para efectuar a extracção dos rars, e fica em /mnt/HD_a2/ffp/etc/
Para finalizar é preciso instalar o pacote unrar, faça download do pacote aqui, para não faltar nada instale também o pacote par disponibilizado nesse mesmo site:

funpkg -i unrar-3.7.8-1.tgz
funpkg -i par2cmdline-0.4-ffp0.5.tgz

E é tudo, o resultado não é bem perfeito, na ch3snas a extracção dos rars até é bastante rápida mas a verificação e reparação dos rars e bastante demorada, para o nzbget efectuar a verificação e reparação a download queue fica em pausa automaticamente de modo a poupar alguns recursos.
Eu já testei este método em mais de 2 a 3 centenas de GB! e funciona bastante bem, apenas tive problemas na extracção de 2 DVDs Dual-Layers, em que os rars originais foram apagados mesmo sem a extracção ser bem sucedida. Situação que alterei, ou seja eu apago sempre os ficheiros Rar posteriormente, para isso acontecer no ficheiro postprocess.sh e na linha 33 alterar ( DeleteRarFiles=1 para DeleteRarFiles=0 )

Nota Final : Para não terem o mesmo problema que eu tive em que o nzbget não iniciava, recomendo a colocarem directamente o ficheiro tar.gz na raiz do volume1, e depois efectuarem lá sua extracção, ex :

tar xvzf nzbget-0.6.0-testing-r237-bin-dns323-arm.tar.gz

depois mova-o :

mv nzbget /ffp/bin/

Pois sempre que transferia o nzbget por ftp ou por rede não funcionava!

Divirtam-se!

Webilder - Wallpapers no meu ambiente de trabalho.

Webilder é um verdadeiro achado! Não que seja uma aplicação poderosa e com imensas funcionalidade, na realidade Webilder é uma aplicação simples, demasiado simples que propõe mudar os wallpapers do ambiente de trabalho de x em x minutos.

O Webilder através dos populares sites de fotos Flickr ou Webshots ( é necessário conta para o Webshots ), vai fazer downloads de fotos com os varias etiquetas/tags que escolhemos guardando as fotos no nosso computador e mostrando-as depois como fundo do ambiente de trabalho e isto de x em x minutos, conforme quisermos!



Utilizo o Webilder a cerca de um ano no meu Ubuntu, e já tenho uma colecção considerável de milhares de fotos do Flickr, as populares fotos marcadas como "interestingness", o Webilder inicia automaticamente com o ligar do computador e logo vai trocando os wallpapers minuto a minuto do meu ambiente de trabalho, o engraçado é que eu nunca sei qual vai aparecer a seguir pois a diversidade está garantida.............. sweet!

Site Oficial : http://www.webilder.org/

Downloads dos pacotes no GetDeb : http://www.getdeb.net/

Este é mais um para usar e abusar!

domingo, 2 de novembro de 2008

Ch3snas / dns-323 - Tocar meus Mp3s num browser web!


O meu armazém digital caseiro "Ch3snas", lá contém também algumas colecções de Mp3, o objectivo principal deste pequeno howto é puder tocar essas musicas em qualquer ponto da rede através de qualquer maquina que use um browser para navegar na net ou neste caso na rede interna, como por exemplo o Firefox tocando as musicas directamente no browser, para isso uso uma pequena aplicação chamada Music Browser!

Pode-se utilizar esta aplicação em qualquer SO ou maquina, desde que esta suporte PHP 4.2+, aqui claro vou utiliza-la no meu NAS / ch3snas/dns-323:

1 - Deve-se de ter já o fun_plug 0.5 instalado, assim como telnet activo, nos meus howtos anteriores explico como o fazer.

2 - Lighttpd é um popular servidor web, que fica instalado com a instalação do fun_plug 0.5, basta certificar-se apenas que o lighttpd inicia sempre que liga a Ch3snas, assim e numa sessão de telnet digite :

chmod a+x /mnt/HD_a2/ffp/start/lighttpd.sh

3 - Caso não tenha ainda as pastas do Lighttpd, então é preciso cria-las. assim :

mkdir /mnt/HD_a2/www
mkdir /mnt/HD_a2/www/pages
mkdir /mnt/HD_a2/tmp

4 - Depois de fazer o download da aplicação aqui, faça o unzip da aplicação e dentro da pasta musicbrowser, encontra um ficheiro chamado index.php, abra-o e na linha 8 desse ficheiro deve obrigatoriamente colocar entre"....." o caminho completo dos seus Mp3.

Ex: 'path' => "/mnt/HD_a2/documentos/mp3/",

Salve o ficheiro e transfira por FTP a pasta musicbrowser para dentro da pasta pages em :
" /mnt/HD_a2/www/pages/ "

Para aceder a partir de qualquer browser na rede :

http://ip_do_seu_nas:8080/musicbrowser

Mais fácil não há!!, agora é só ouvir suas musicas.

Salif Keita & Cesária Évora

Com a chegada do serviço Meo a minha casa, chegou também um dos mais recentes canais de musica e já um dos meus favoritos, o Nat Geo Music, neste canal podemos ouvir musica e sons provenientes de qualquer lugar do mundo.
Foi lá que descobri este Hit, dois dos melhores cantores do grande continente Africano em dueto na canção Yamore. Belissimo!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...