domingo, 30 de novembro de 2014

The Babadook (2014)

Acabei de ver: The Babadook (2014)

Filme de horror diferente que não assusta sobre uma mãe viuvá com problemas com o seu filho de seis anos difícil de educar. A criança vive com sonhos frequentes de um monstro que o persegue em casa e que ele quer matar a todo o custo. Mas quando aparece um livro em casa chamado de "The Babadook", a criança fica convencida que o monstro existe mesmo e as alucinações e o terror psicológico passam a ser uma certeza não só para o filho mas também para a mãe. 

Brilhante filme de horror psicológico dirigido por Jennifer Kent e brilhantemente interpretado por Essie Davis (a mãe), e Noah Wiseman (o filho). Com fabulosas expressões faciais por parte da mãe, e uma presença irritante e doentia por parte do filho. The Babadook vale sobretudo por estes dois actores e pelo que dão ao filme. O rapaz esta no ponto como se diz... e ainda é capaz de nos surpreender no final com a mudança da sua personagem antes irritante e depois bem mais simpática de ver e que acabamos até por gostar mais ;)

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

A Super Multi-Pen USB: 3ª Parte (Parted Magic)

E depois de algum tempo cá volto à carga com a Super Multi-Pen USB em mais um capitulo (3ª Parte) em que vamos instalar na penUSB agora o Parted Magic!

E o que é o Parted Magic:

O Parted Magic é uma distribuição de Linux que já cá anda há alguns anos e que esta focada essencialmente na reparação e em todas às operações dos discos rígidos e das suas partições. É uma ferramenta essencialmente de recuperação e por isso mais destinada a administradores ou a pessoal que conheça bem este tipo de aplicações. Copiar, clonar ou mover, encurtar, aumentar  ou apagar é com o Parted Magic.


A distro é muito completa e muito bem organizada não lhes faltando claro outros úteis programas como browsers, gestores de ficheiros, tudo o que é preciso para salvarem os vossos dados antes de mandarem o PC para reparação! Sim em caso de virus podem sempre usar este Parted Magic para salvarem algo antes de um possível FORMAT C: ;)

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Fury (2014)

Que eu sou um apaixonado por cinema já vocês sabem, o que podem não saber é que os filmes de guerra estão sempre entre os meus preferidos. Este "Fury" não vêm de nenhum Spielberg nem de nenhum Kubrick, mas sim de David Ayer o mesmo realizador do fenomenal End of Watch ;)

E este filme de guerra passa-se no final da segunda grande guerra quando às tropas aliadas já combatem em solo alemão. O fim da guerra esta próximo, mas não acontece antes que o tanque americano do sargento Collider "Brad Pitt" receba mais um tripulante: O quinto passageiro, o inexperiente soldado Norman "Logan Lerman". Mais uma morte certa pensa inicialmente o duro sargento Collider para depois logo lembrar-se que prometeu a todos tudo fazer para os levar ao fim do conflito vivos!

Portentoso filme de guerra que nos atira para os horrores da guerra e para aquilo que os homens são capazes de fazer uns aos outros. Uma obra capaz de nós colar ao ecrã em algumas cenas como aquela do jantar com às alemãs, que nos deixa em ânsia de saber o que vai acontecer. Fantásticas batalhas tácticas com tanques e com tudo muito bem orquestrado por David Ayer. Sem duvida um realizador a seguir...


Talvez só a parte final perca um pouco quando estes cinco bravos soldados cheios de espírito de camaradagem trocam uma "saída com vida" pelo dever da guerra. Quero dizer que a batalha final parece-me a mim um tanto ou quanto desconectada do resto do filme. Faz pouco sentido para mim aquele sargento em cima do tanque a despachar alemães. Mas pronto... ainda assim é um dos melhores filmes de guerra dos últimos anos. E facilmente...

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Interstellar (2014)

Acabei de ver : Interstellar (2014)

Já estreou finalmente o novo filme de Christopher Nolan. Um dos filmes mais aguardados do ano... como acabam afinal por ser todas às obras de Mr Nolan!

Interstellar é uma historia de ficção cientifica passada num futuro próximo quando a população do planeta terra enfrenta problemas relacionados com a alimentação e a falta de comida. A necessidade de abandonar a terra para salvar uma possível extinção humana é grande. Algo que pode acontecer nas próximas décadas. É então que surge a hipótese de viajar para outras galáxias para descoberta de novos planetas para a raça humana. E isso através de um misterioso "buraco da minhoca" que aparece na via láctea, a nossa galáxia! 

Interstellar é o filme mais longo de Christopher Nolan até a data, misterioso sim mas muito cientifico e com a relatividade do tempo de Albert Einstein bem presente. Eu não me lembro de ter visto muitos filmes com esta temática tão explorada e tão "entranhada" num filme. Mas mesmo com estas questões cientificas a coisa percebe-se bem embora claro, hajam alguns pontos que levam sempre a discussão do modo como são vistos por uns ou por outros. Trata-se de um filme de ficção cientifica afinal... E este dá para sairmos da sala de cinema a falar bastante do que acabamos de assistir. Algo que é sempre muito bom na minha modesta opinião.

Depois como dá para perceberem nos trailers, é muito focado na relação "pai-filha" mas sempre rodeado da ideia ateia que o ser humano é o mau da fita. Quem somos nós ? É uma pergunta que fazemos sempre a nós próprios depois do seu visionamento.

Há... e não falta um robot, o TARS que está excelente ;)

domingo, 9 de novembro de 2014

OpenELEC 5.0 Beta 1 com Kodi já disponível e com suporte Freescale i.MX6

Esta semana que passou saiu a primeira versão beta do OpenELEC com Kodi 14.0 Helix que será daqui por dois ou três meses a futura versão estável do Kodi para o próximo ano!

Nesta nova versão beta desta estupenda distro que é o OpenELEC, chega também o suporte oficial para o SoC Freescale i.MX6 que equipa às boards da SolidRun. Este lançamento é "comemorado" com uma promoção especial na compra da CuBox i4Pro e na CuBox-i2eXw.


Uma excelente opção para quem procura um Mini-PC "mais potente" que o Raspberry Pi por também mais alguns €uros ;)

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

domingo, 2 de novembro de 2014

Syncthing "Pulse" - Sincronização de pastas fora de casa

Pois é já comecei também a usar o Syncthing, agora conhecido como Pulse também fora de casa. Ou melhor sincronizado pastas e ficheiros entre o meu computador pessoal e outros computadores que estão fora da minha rede local.

Pela internet tive mesmo que abrir portas no router. O router Technicolor TG784n v3 que tenho do serviço MEO, não estava a deixar funcionar o syncthing na sincronização. Às portas a abrir TCP são  as 22000:


Este Syncthing/Pulse é uma alternativa Open Source ao Dropbox e ao BTSync que são por sua vez aplicações proprietárias. Uma alternativa de confiança muito bem vinda para todos aqueles que gostam de saber onde estão e para onde vão os vossos ficheiros. Recomendo!  

sábado, 1 de novembro de 2014

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...