Avançar para o conteúdo principal

Linha de comandos de linux... outra vez

Esta é daquelas coisas básicas que por mais anos que cá andamos neste mundo de informatica, percebemos que estamos continuadamente aprender. O pouco que já sabemos não é nada comparado com o que podemos aprender.


Lembro-me aqui há uns anos de ter um programinha instalado então no Windows (sim já foi utilizador desse sistema operacional), que só servia para catalogar em listas pastas ou melhor o conteúdo de pastas e subpastas em ficheiros de texto. Isto claro numa altura sem nuvens computacionais e em que os discos rígidos tinham um espaço muito mais limitado. Era preciso armazenar os ficheiros em CDs ou DVDs e era preciso ter algo para perceber rapidamente que o CD X tinha isto e aquilo. Listas de texto que passariam a folhas de excel mais organizadas. Acho que todos nós fizemos um pouco disto...

Não há muito tempo atrás imaginem que descobri e claro que não sabia... ser possível de uma forma tão fácil passar a informação de pastas para listas.txt através da linha de comandos só com meia duzia de caracteres digitados. Opá pensei logo belos tempos hein... 

Através da linha de comandos de linux existe um comando que serve para listar visualmente na consola pastas e subpastas. O comando é daqueles que aprendemos inicialmente nestas andanças.. o "ls". E sim, existe um comando similar para Windows e tudo isto pode ser feito nesse ambiente na linha cmd também.

Se digitarmos então o comando "ls" da seguinte forma:

ls > conteúdo.txt

É criado um ficheiro chamado de conteúdo.txt com tudo listado nesse ficheiro que se encontra na pasta onde foi digitado o comando. Tão fácil pá.. ;)

Claro que sabendo isso, podemos depois usar mais opções do comando "ls" para termos se assim o entendermos, mais informação na lista não só os nomes, mas o tamanho dos ficheiros, a data de criação, permissões...etc..etc. 

Digitando então:

ls --help 

E temos então às opções que podemos utilizar.... que são varias:


Usando então algumas dessas opções, quero por exemplo listar pastas e subpastas na minha "home" com o tamanho em KB de cada ficheiro. Seria então o seguinte comando:

ls /home/nasp/ -R -s -k -h > conteúdo.txt

Com isto acabo por perceber se é que ainda tinha duvidas - que por mais evoluídos que sejam os computadores, os tablets, os smartphones e os seus sistemas operativos - será que alguma vez vamos parar de olhar para aquele fundo preto da linha de comandos ?

Comentários

Mensagens populares:

Linha de comandos: SED

Já me ocorreu ter que adicionar valores alfanuméricos em todas as linhas de um ficheiro de texto. Dependendo do numero de linhas esta pode ser uma das tarefas manuais em que desistimos logo antes de começarmos. Ou não se utilizarmos então o comando sed.
Através da consola de linux, o comando sed permite adicionar letras ou outros valores alfanuméricos antes ou depois das linhas de texto já previamente escritas num determinado ficheiro.
Ex: Em cada uma das linhas do ficheiro lista.txt, eu pretendia adicionar no inicio o seguinte (Inicio da linha). Com estas alterações a ficarem num novo ficheiro com o nome de "nova_lista.txt":
sed 's/^/Inicio da linha/' lista.txt > nova_lista.txt Com o mesmo exemplo mas para o final da linha:
sed 's/$/Fim da linha/' lista.txt > nova_lista.txt Também podemos combinar tudo num único comando que seria assim:
sed "s/.*/Inicio da linha&Fim da linha/" lista.txt > nova_lista.txt O resultado do ficheiro nova_lista…

The Zero Terminal (Portable Pi Zero W)

Há projectos do caraças e este Zero Terminal é um daqueles que faz todo o sentido quando utilizado com o novo Raspberry Pi Zero W!

Com um tamanho de um iPhone, têm ecrã de 3.5", uma bateria de 1500 mAh, HDMI Out e um teclado QWERTY completo deslizante. Só porque sim, quero um ;)

Fonte (AadM)