domingo, 22 de julho de 2018

Calibre (2018)

Calibre (2018)

Produção Netflix original que conta a "reunião" de dois amigos de longa data numa caçada de fim de semana numa remota aldeia Escocesa. Um fim de semana que acaba por tornar-se memorável mas por más razões... quando acidentalmente matam uma criança na caçada.

Existem filmes que conseguem criar uma tensão e um clima de medo que muitas outras obras tentam com sustos e sangue e pouco sucesso o que não é o caso deste Calibre.

O filme é de "parcos" meios mas talhado para colocar-nos presos às personagens e aos acontecimentos infelizes destas. É difícil não pensarmos o que fazíamos nesta situação tão complicada quer fossemos os intervenientes principais ou até os mais secundários que acabam envolvidos na historia.

Para quem procura uma sessão da meia-noite, Calibre é uma boa escolha.

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Avengers: Infinity War (2018)


Se existem filmes difíceis de fazer e falando claro numa ótica de espetador, um filme com muitas personagens apresenta sempre imensos desafios. E neste "terceiro" Avengers, a Marvel tinha provavelmente a sua maior prova deste grande capitulo cinematográfico começado há dez anos atrás!

Para eu descrever este Avengers é começar por dizer que há muito tempo que não saia da sala de cinema tão enganado.  E porque? Porque para quem esperava um filme com imensas personagens AKA heróis, foi descobrir que afinal esses heróis são tipo figurantes "estrategicamente" colocados aqui e ali ou nesta e naquela cena pelos agora e já super-competentes irmãos Russo. Este dupla de realizadores que já tinham transformado o Capitão América anteriormente são pela positiva o ponto numero dois desta obra! Esta dupla mexeu com os heróis como se eles fossem peças de um jogo de xadrez que dura e dura e acaba vitorioso.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

O meu projeto... Volumio

Novamente acabo por trazer primeiro às novidades nas redes sociais antes de colocar aqui um post no blogue. E isto voltou acontecer com este novo projeto já finalizado no mês anterior, o "projeto Volumio"!



Volumio é uma distribuição de linux no conceito audiófilo de verdadeiro player de musica de alta qualidade. É open source e existe para algumas das mais populares boards arm como o Raspberry Pi.

terça-feira, 10 de julho de 2018

Full Motion Video na intro de Soul Blade!

Hoje estava testando uma das minhas maquinetas de Arcade com a emulação da PSX correndo o Soul Blade da Namco e mais do que o jogo em si que é bom, a intro de vídeo continua uma maravilha completa passados mais de 20 anos de lançamento!

Imagens em FMV começaram nos anos 80 nas Arcades e mais tarde com o aparecimento do CD na SegaCD. Mas foi com a Sony e a PSX em 1995 que este formato de contar historias cresceu e foi nesta época que se tornou mais popular principalmente com títulos como Final Fantasy 7 que possuía largos minutos de vídeo distribuídos pelos seus 3 CDs.

Com o Soul Blade, a "ainda" Namco que já tinha produzido umas imagens em FMV em jogos anteriores da PSX produz provavelmente a melhor intro deste tempo e que continua uma referencia de imagem, de musica e direcção melhor até que alguns dos filmes de hoje produzidos em Hollywood. Só às expressões faciais das personagens nestes dois minutos de video são um bom exemplo disso.

Gigante esta intro ;)



sábado, 23 de junho de 2018

Raspbian - Arranque com teclado numérico ligado

No computador mais recente que montei com o sistema oficial do Raspbian para o Raspberry é usado  muito por mim para aceder às outras maquinas que tenho na rede por SSH. Uma das coisas que mais me estava aborrecer era o facto do teclado numérico estar sempre desligado após cada boot do PC. Vamos lá dar a volta a isto...


Raspbian corre uma versão do Debian Stretch e para que o teclado numérico arranque ligado junto com a maquina vamos fazer o seguinte:

sexta-feira, 22 de junho de 2018

Rampage (2018)


Não há como fugir pois um macaco gigante é sempre razão para me levar ao cinema! Rampage é mais uma adaptação dos videojogos no cinema que traz monstros gigantes e que incluiu um primo afastado do rei King Kong.

Dwayne Johnson parece sobreviver a tudo o que é filmes em que participa e neste é vê-lo no meio de três ferozes criaturas bem animadas pelos efeitos especiais do cinema.

Feroz, gigante e divertido, Rampage é uma boa proposta para um sessão de cinema à tarde. Claro que é preciso desligar um pouco o celebro e não começar a pensar como é que os bichos cresceram tão depressa e como é que são "blindados" contra todo o avançado armamento militar. ;)

Possivelmente Rampage é a melhor adaptação de um videojogo ao cinema porque é melhor que a obra original o que é dizer que o jogo não é grande coisa. No final até dizemos que escapa bem e que claro adivinhem... o Dwayne não morre ;)


sexta-feira, 15 de junho de 2018

Atualizando o TVheadend na Cubietruck

A minha Cubietruck esta quase a fazer 4 anos e ainda desenrasca tudo aqui por casa com vários serviços como o TVheadend para a distribuição dos canais de TV. Distribuição esta que agora está ainda mais completa com os canais provenientes do meu recente acesso à fibra ótica da MEO. 
Alias nesta configuração não foi preciso fazer absolutamente nada porque após um "scan" os canais aparecem automaticamente no servidor pois estão dentro dos mesmos "muxes" do TDT de Portugal.


A cubie esta agora com o atualizado Armbian Stretch que têm sido o sistema operativo da Cubietruck desde que me lembro da utilizar. No entanto o TVheadend continua nos repositórios do Stretch/Jessie com a versão 4.08. Como fiz para atualizar então para a versão estável 4.2.2 do TVheadend ? Adicionei os repositórios do Debian Multimédia e resultou;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular no Blogue: