sábado, 17 de agosto de 2019

Avengers: Endgame (2019)


Depois de Infinity War do ano passado, a fasquia ficou altíssima lá para os lados da Marvel e no publico foi criada uma enorme expectativa para o fecho dos acontecimentos que ficaram "pendurados" em Infinity War. End Game foi por isso o maior acontecimento da cultura geek de 2019. Estando no topo de listas onde estava por exemplo a ultima temporada de Guerra dos Tronos que é a mais ou uma das mais populares series televisivas de sempre.

End Game estreou com dois fim de semanas seguidos como nunca se viu! Caíram todos os records de venda de bilhetes e chegou aos dois biliões de dólares de receitas nesse curto espaço de tempo. O limbo criado com o fecho de Infinty War, e os dez anos de cinema Marvel foram os responsáveis por colocarem novamente o cinema no mais alto dos pódios a juntar pessoas.

terça-feira, 30 de julho de 2019

OrangePi Zero com Armbian e CNC.js

Para desenjoar um pouco dos Raspberrys adquiri um novo mini-computador para a colecção... desta vez um OrangePi Zero!


Esta placa já têm uns bons 2 ou 3 anos de mercado, mas continua interessante por se tratar um de modelo Quad-Core com Chipset AllWinner H2. Custa menos de metade de um Raspberry e serve muito bem para um servidor sem monitor para correr alguns serviços. Por aqui a intenção é servir como computador para a maquina de CNC que tenho correndo o aplicativo CNC.JS principalmente!

sábado, 20 de julho de 2019

Cura Slicing 3D Software no Raspberry Pi 4

O novo Raspberry Pi 4 é uma pequena "besta" dentro dos computadores de placa única sendo bastante usável já como Desktop com um ou dois monitores. Faz tudo... ou quase tudo o que fazermos num desktop com processadores x64 bits.

No meio "maker" onde esta placa é bastante usada e no mundo da impressão 3D o Cura é um dos softwares mais usados para transformar o desenho 3D no código lido pela impressora. Pois bem esse poderoso aplicativo que também é gratuito já têm uma versão experimental que roda no Raspbian, a distro oficial do Raspberry Pi.


A imagem em cima é um print screen do meu RPi4 com 4GB de RAM e disco SSD rodando a ultima versão do Cura!

Por incrível que possa parecer até abre e faz o "slicing" das peças 3D bastante bem com preview e tudo a funcionar. Não é obviamente muito rápido mas serve perfeitamente para o propósito e que testa bem a capacidade deste novo Raspberry.

Podem experimentar a versão experimental baixando deste link a imagem. É em forma de appimage, o que quer dizer que não precisa de instalação.

Para correrem o Cura no Raspbian, basta aplicarem primeiro um chmod +x no ficheiro .appimage e depois um duplo clique e o Cura abre e fica funcional.

domingo, 14 de julho de 2019

Portable USB SSD - Disco "externo" no Raspberry Pi 4

Com o lançamento do Raspberry Pi 4 chegaram também duas portas USB 3.0. A ideia foi desde logo poder retirar da velocidade dessas portas o "speed" necessário para podermos correr um sistema operativo completo como já o fazíamos nos modelos anteriores, mas agora com muito mais desempenho.

Eu sempre procuro primeiro no Aliexpress e os discos SSD da KingDian podia ser uma óptima solução com o respectivo adaptador USB. Mas para uma coisa ainda mais portátil como uma penUSB por alguns €uros mandei vir este DM FS200 do Aliexpress a versão de 64GB que é mais que suficiente para o sistema Raspbian. Entrega em duas semanas como habitual no Aliexpress...


terça-feira, 9 de julho de 2019

Cubietruck com upgrade para Debian Buster!

Esta semana que passou, uma das distribuições de Linux mais antigas foi actualizada para a versão "animal" do cão Buster do Toy Story! ;) Falo claro do Debian versão 10 que têm o seu nome de código retirado sempre das personagens dos bonecos do Toy Story a cada nova versão. A anterior versão era a Stretch.

A minha "velhinha" Cubietruck continua aqui para as curvas e nem mesmo com o lançamento recente do Raspberry Pi 4 têm o seu lugar em perigo pois como "computador servidor" dentro e fora de casa continua a ser uma opção muito boa. Por exemplo a porta sata e a ligação direta para uma bateria de 3.7V para funcionar como tipo UPS são opções que o RPI4 não têm.


Com o lançamento do Debian Buster, a Cubietruck que corria o Armbian (Debian Stretch) já foi atualizada para o Armbian (Debian Buster) inteiramente por apt, sem nova imagem no cartão. Isto é daquelas coisas não recomendadas a fazer normalmente por quem desenvolve estes sistemas como o Armbian, ou até mesmo o Raspbian que com o lançamento do Rpi4 a própria fundação Raspberry recomenda a gravar nova imagem no cartão. 

sexta-feira, 28 de junho de 2019

RetroArch com "narrador de texto". Os jogos retro nunca mais serão os mesmos!

É inegável que o RetroArch possui opções para tudo e mais alguma coisa quando se trata de emular jogos de sistemas retro. A emulação é isso mesmo, opções, opções e mais opções não só para recriar os jogos como se rodassem na maquina original, mas também para recria-los com melhores definições e não só como... Jogar em rede quando originalmente não era possível e tudo e mais alguma coisa que nós possamos lembrar o RetroArch praticamente já faz tudo.

Agora para confirmar o parágrafo anterior, imaginem o seguinte... terem um narrador de audio que vós lê os textos que aparecem durante os jogos ?

Pois esta funcionalidade esta ainda em desenvolvimento mas já funciona muito bem em vários sistemas diferentes como podemos ver no video seguinte.


terça-feira, 25 de junho de 2019

Triple Threat (2019)


OK, os atores também precisam de pagar as despesas como todos nós ainda que nem sempre lhes valha o pagamento que recebem ou o trabalho que fazem! Esta "tripla ameaça" faz parte de um género de filmes da qual eu até tenho um certo fanatismo a mais.... Filmes esses que estão sempre no top da lista a ver e muitos deles já falei positivamente aqui no blogue. 

Este "Triple Threat" cai aqui no blogue mesmo só para falar o quanto detestei este filme. Isto tinha tudo para ser o novo Expendables, ou os novos Vingadores das artes marciais... mas isto saiu tudo completamente furado e nem percebo como o conseguiram tão negativamente.

Do que me lembro, pois já vi este filme algum tempo atrás tudo é péssimo e o maior dos exemplos é a grande estrela que é o Iko Uwais que fez por exemplo no passado filmes como o Merantau e os violentos The Raid e que participa aqui como um autentico figurante mas daqueles tipo o "Iko vai a todas, o Iko perde com todos". É verdade... o homem não ganha um combate e não é nem o herói nem o vilão nem dá para perceber sequer como é que o Iko aceitou o papel que têm. Isto é daquelas coisas que mal comparado é meter o Ronaldo a jogar a baliza e o Messi a fiscal de linha.

O resto das estrelas das artes marciais estão um furito acima do Iko o que é dizer que continua tudo mau. Não existe uma cena de pancadaria que fique na retina e às coreografias simples das cenas de luta foram aparecendo a medida que filmavam, só pode. O senhor que dirigiu este filme e que já dirigiu mais alguns com o "bruto" do Adkins, por mim ficava já proibido de se sentar outra vez na realização. Como é possível Merantau?? 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular no Blogue: