Avançar para o conteúdo principal

Computador barato para jogos (OUT-16)

E depois de ter dado algumas dicas em como escolhi e montei o meu novo computador de jogos barato. Chega altura de colocar então a descrição completa dos componentes escolhidos e montados em Outubro de 2016. Referir antes que este não é um computador preparado para rodar 4K, ou VR e que foi montado com um orçamento inferior a 500€ com objetivo de e só jogar em 1080p com definições medias.

Deixando um pouco de lado a AMD só porque sou tendencioso a cair para a Intel e Nvidia, a principal escolha recaiu numa combinação de CPU + GPU bastante usada já neste ultimo ano e neste tipo de computadores gaming de entrada.  Um Intel Core i3-6100 + Gráfica MSI GTX 950 OC 2GB:






  1. Começando pelo Intel Core i3-6100, este processador de entrada de gama com litografia de 14nm. Têm uma frequência de 3.7GHz e graças à tecnologia Hyper-Threading será visto como um Quad-Core em software e em jogos que exijam um i5 para rodarem. É um processador de ultima geração Intel, a Skylake e que embora tenha já sensivelmente um ano de mercado, não é previsível que seja substituído para já devido aos atrasos da próxima geração da Intel. Esta pequena "besta" justifica em tudo a escolha em detrimento de um i5 num computador de 500€. O preço do Intel Core i3-6100 no KuantoKusta.
  2. Já em respeito à gráfica, esta Geforce 950 é também ela uma placa com algum tempo de mercado, e ao contrario do i3-6100, é uma placa que provavelmente cairá com o anuncio já feito da Nvidia das novas 1050 com arquitetura pascal. Por sua vez esta MSI GTX 950 OC 2GB é da geração anterior das Nvidia com arquitetura Maxwell e com 768 Núcleos CUBA. Um placa apta para os 1080p com um preço/performance que encaixam bem neste tipo de computadores. O preço da MSI GTX 950 OC 2GB na KuantoKusta. 
  3. Depois dos dois principais componentes, o terceiro mais importante é quiçá a fonte de alimentação por vezes tanto descurada sendo a origem de tantos problemas que os computadores têm. A escolha aqui recaiu numa fonte da Corsair Builder CX500W que é um pouco cara para este orçamento. Têm 500W de potência mais que suficientes para esta combinação de CPU + GPU, e que por isso eu podia ter substituído por exemplo por uma Corsair Builder da serie VS que são mais económicas mas que obviamente possuem condensadores mais baratos e não estão tanto aptos ao teste do tempo! O preço da Corsair Builder CX500W no KuantoKusta.
  4. A Motherboard é também uma MSI de entrada de gama e com chipset H110, a MSI H110M ECO. A escolha da placa mãe foi feita um pouco em conjunto com a memoria RAM de modo a garantir compatibilidade e sobretudo apostar em algo já testado evitando deste modo bugs iniciais em firmwares de placas novas como por vezes até acontece. Referir que é uma placa mãe com formato Micro-ATX. O preço da MSI H110M ECO no KuantoKusta.
  5. A memoria são 8GB divididos em 2 módulos. São às Gskill Ripjaws V DDR4-2133MHz 2x4GB. Ainda pensei em comprar os 16GB, mas para encaixar nos 500€ teria que poupar por exemplo na fonte o que não fiz como expliquei. O preço das Gskill Ripjaws V DDR4-2133MHz 2x4GB no KuantoKusta.
  6. Por ultimo a caixa Micro-ATX que foi escolhida primeiramente pelo preço baixo e logo depois pelas suas dimensões. Foi a Caixa Nox Coolbay MX USB 3.0 em preto! Uma caixa com espaço apertado para todos estes componentes mais os cabos compridos da fonte, mas que cabe tudo perfeitamente no interior e no exterior. E depois acho impressionante o preço e o "look" destas caixas de hoje muito longe daqueles "monos" brancos/cremes do passado. O preço da Nox Coolbay MX no KuantoKusta.
Este foi o primeiro PC que montei sem drive de CDs/DVDs, o que é sinal da evolução digital a que assistimos. Falta nesta montagem o disco... esse veio de outro computador e é um Seagate Híbrido de 1TB. Adicionei também na caixa um ventilador traseiro de 80 mm que já tinha e é tudo.
O preço final ficou em cerca de 460€ aqui há umas semanas atrás numa altura em que às memorias estavam mais baratas ;)

Deixo um vídeo da Demo do Doom capturada pelo software do Win10 a correr o jogo nas definições medias em 1080p. Poderá existir uma quebra mínima no desempenho devido ao software de gravação a correr em simultâneo com o pesado jogo. Mas isso só demonstra que o objetivo foi inteiramente atingido...


Comentários

Mensagens populares:

Linha de comandos: SED

Já me ocorreu ter que adicionar valores alfanuméricos em todas as linhas de um ficheiro de texto. Dependendo do numero de linhas esta pode ser uma das tarefas manuais em que desistimos logo antes de começarmos. Ou não se utilizarmos então o comando sed.
Através da consola de linux, o comando sed permite adicionar letras ou outros valores alfanuméricos antes ou depois das linhas de texto já previamente escritas num determinado ficheiro.
Ex: Em cada uma das linhas do ficheiro lista.txt, eu pretendia adicionar no inicio o seguinte (Inicio da linha). Com estas alterações a ficarem num novo ficheiro com o nome de "nova_lista.txt":
sed 's/^/Inicio da linha/' lista.txt > nova_lista.txt Com o mesmo exemplo mas para o final da linha:
sed 's/$/Fim da linha/' lista.txt > nova_lista.txt Também podemos combinar tudo num único comando que seria assim:
sed "s/.*/Inicio da linha&Fim da linha/" lista.txt > nova_lista.txt O resultado do ficheiro nova_lista…

The Zero Terminal (Portable Pi Zero W)

Há projectos do caraças e este Zero Terminal é um daqueles que faz todo o sentido quando utilizado com o novo Raspberry Pi Zero W!

Com um tamanho de um iPhone, têm ecrã de 3.5", uma bateria de 1500 mAh, HDMI Out e um teclado QWERTY completo deslizante. Só porque sim, quero um ;)

Fonte (AadM)