quarta-feira, 4 de junho de 2014

LXLE "Lubuntu Extra Life Extension" Um Desktop perfeito!

Já sabemos que distribuições de Linux é coisa que não falta havendo mesmo para todos os gostos e feitios.  Desde às mais populares até às descendentes destas, passando por outras com um nível de personalização surpreendente e de encontro ao que esperamos de uma "distro" pronta a usar. Este LXLE (Lubuntu Extra Life Extension) é uma dessas distro prontas para uso em que não lhes falta nada para convencer seja o iniciante ou até um utilizador mais avançado de Linux e de computadores.


O LXLE é digamos que um neto do Debian, é filho do Ubuntu mas com cara de Lubuntu. Com o ambiente gráfico do Lxde, esta distro utiliza apenas versões LTS do Ubuntu como suporte. O que quer dizer que actualmente a versão estável do LXLE é baseada no Ubuntu 12.04.4. E sim a versão LTS 14.04 ainda esta em fase beta.... ;)


Já experimentei este LXLE e por isso estou aqui a descrever umas merecidas linhas sobre ele...

Rápido, leve e muito bonito este LXLE é capaz de ressuscitar qualquer computador com apenas 512MB de RAM!! Basicamente traz tudo o que é preciso para uma utilização normal com todos os programas e apps que fazem falta num Desktop tradicional e para o utilizador final. Vêm também bastante personalizado com seis ambientes diferentes de trabalho todos com o Lxde, mas com aspectos que vão do XP ao Mac OS X. Dezenas de fantásticos wallpapers e etc...


O LXLE é sem qualquer duvida a mais surpreendente distribuição que mais gostei de "descobrir" nestes últimos... anos. É leve sim muito, mas no entanto não é nem pretende ser uma distribuição mínima pois vêm já equipada com muita coisa boa ;)

Experimentem que é uma aposta certa para dizer adeus de vez ao Windows e ao XP ;)

Download do LXLE, 32 ou 64bits



2 comentários:

  1. Parace ser mt bom. Otima dica Nuno, Irei testar.
    abs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não te vais arrenpender depois de testar ;)

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Popular no Blogue: