Avançar para o conteúdo principal

A Super Multi-Pen USB: 3ª Parte (Parted Magic)

E depois de algum tempo cá volto à carga com a Super Multi-Pen USB em mais um capitulo (3ª Parte) em que vamos instalar na penUSB agora o Parted Magic!

E o que é o Parted Magic:

O Parted Magic é uma distribuição de Linux que já cá anda há alguns anos e que esta focada essencialmente na reparação e em todas às operações dos discos rígidos e das suas partições. É uma ferramenta essencialmente de recuperação e por isso mais destinada a administradores ou a pessoal que conheça bem este tipo de aplicações. Copiar, clonar ou mover, encurtar, aumentar  ou apagar é com o Parted Magic.


A distro é muito completa e muito bem organizada não lhes faltando claro outros úteis programas como browsers, gestores de ficheiros, tudo o que é preciso para salvarem os vossos dados antes de mandarem o PC para reparação! Sim em caso de virus podem sempre usar este Parted Magic para salvarem algo antes de um possível FORMAT C: ;)


Como nota e antes de avançar com esta tutorial, este Parted Magic como distribuição não é uma aplicação gratuita. Pelo menos nas versões mais recentes... Terão que ser vocês a decidir se vale a pena comprarem uma versão actualizada, ou usarem uma versão mais antiga nos tempos em que era distribuída gratuitamente.

1 - Se ainda se lembram das partes anteriores, basta descarregarem o ISO do Parted Magic e largarem-no dentro da pasta boot-isos da PenUSB.  (/media/nasp/fat32-boot/boot/boot-isos)

Eu estou a usar a versão pmagic_2014_04_28.iso e esta bem como às mais recentes tanto podemos executa-la em modo de 32bits ou 64bits usando um único ISO.

2 - Então vamos editar o ficheiro grub.cfg e adicionar os parâmetros de boot do ISO do Parted Magic. Nota que eu vou adicionar logo parâmetros como o teclado e horas em PT ahhh pois ;)

sudo nano /media/nasp/fat32-boot/boot/grub/grub.cfg

E com o ficheiro aberto para o modo de 32 bits, adiciono:

 menuentry 'Parted Magic i386 2014-04-28 ' {
  loopback loop (hd0,1)/boot/boot-isos/pmagic_2014_04_28.iso
  linux (loop)/pmagic/bzImage iso_filename=/boot/boot-isos/pmagic_2014_04_28.iso keymap=pt timeconfig=Europe/Lisbon
  initrd (loop)/pmagic/initrd.img
}

Para o modo de 64bits, adiciono:

 menuentry 'Parted Magic X86_64 2014-04-28 ' {
  loopback loop (hd0,1)/boot/boot-isos/pmagic_2014_04_28.iso
  linux (loop)/pmagic/bzImage64 iso_filename=/boot/boot-isos/pmagic_2014_04_28.iso keymap=pt timeconfig=Europe/Lisbon
  initrd (loop)/pmagic/initrd64.img
}

Atenção às linhas ou melhor vejam como fica numa imagem antes de salvarem o ficheiro:



Depois é salvarem o ficheiro grub.cfg que no próximo boot desta magnifica Super Multi-Pen USB, terão mais duas opções de arranque com esta adicão do Parted Magic em 32 ou 64 bits.

Recapitulando e desde o inicio temos agora na penUSB o NetbootCD, o OpenELEC em 32bits e  64bits, e o Parted Magic também em 32bits e 64bits. 

Mas estamos longe de ficar por aqui... e na próxima parte deste longo artigo... a ver se não demoro tanto tempo - vamos instalar aquela que é actualmente a minha "respin-distro" favorita, o espectacular LXLE. E tudo há mesma nesta Super Multi-Pen USB!! Fiquem então atentos... ;) 

Comentários

Mensagens populares:

Linha de comandos: SED

Já me ocorreu ter que adicionar valores alfanuméricos em todas as linhas de um ficheiro de texto. Dependendo do numero de linhas esta pode ser uma das tarefas manuais em que desistimos logo antes de começarmos. Ou não se utilizarmos então o comando sed.
Através da consola de linux, o comando sed permite adicionar letras ou outros valores alfanuméricos antes ou depois das linhas de texto já previamente escritas num determinado ficheiro.
Ex: Em cada uma das linhas do ficheiro lista.txt, eu pretendia adicionar no inicio o seguinte (Inicio da linha). Com estas alterações a ficarem num novo ficheiro com o nome de "nova_lista.txt":
sed 's/^/Inicio da linha/' lista.txt > nova_lista.txt Com o mesmo exemplo mas para o final da linha:
sed 's/$/Fim da linha/' lista.txt > nova_lista.txt Também podemos combinar tudo num único comando que seria assim:
sed "s/.*/Inicio da linha&Fim da linha/" lista.txt > nova_lista.txt O resultado do ficheiro nova_lista…

The Zero Terminal (Portable Pi Zero W)

Há projectos do caraças e este Zero Terminal é um daqueles que faz todo o sentido quando utilizado com o novo Raspberry Pi Zero W!

Com um tamanho de um iPhone, têm ecrã de 3.5", uma bateria de 1500 mAh, HDMI Out e um teclado QWERTY completo deslizante. Só porque sim, quero um ;)

Fonte (AadM)