Avançar para o conteúdo principal

Kong: Skull Island (2017)

Com tantos remakes, reboots e sequelas, o melhor elogio que posso fazer a este novo Rei Kong é que é a mesma personagem só que numa nova historia!

Desta vez temos o gigante Kong (acho que este é mesmo o maior de todos) numa ilha também com outras gigantes criaturas em 1973 após a Guerra do Vietnã. Uma ilha ainda "apagada" do conhecimento do mundo e onde um grupo de cientistas e militares chegam para explorar e conhecer melhor a ilha da Caveira.

É impossível não comparar este filme de monstros com o ultimo grande sucesso de Hollywood do género que foi o Jurassic World. E deixem-me que vós diga que Kong fica a perder em quase tudo! Para um filme de sessão da tarde que é, até lhes falta a diversão familiar que o filme dos dinossauros "teve a rodos". Os efeitos especiais são óptimos, mas os combates entre às gigantes criaturas ficam a dever um pouco ao filme do Kong de 2005. Não deixa de ser interessante para uma visualização, mas não esperem muito! E sim podem levar os miúdos ;)

Comentários

Mensagens populares:

Linha de comandos: SED

Já me ocorreu ter que adicionar valores alfanuméricos em todas as linhas de um ficheiro de texto. Dependendo do numero de linhas esta pode ser uma das tarefas manuais em que desistimos logo antes de começarmos. Ou não se utilizarmos então o comando sed.
Através da consola de linux, o comando sed permite adicionar letras ou outros valores alfanuméricos antes ou depois das linhas de texto já previamente escritas num determinado ficheiro.
Ex: Em cada uma das linhas do ficheiro lista.txt, eu pretendia adicionar no inicio o seguinte (Inicio da linha). Com estas alterações a ficarem num novo ficheiro com o nome de "nova_lista.txt":
sed 's/^/Inicio da linha/' lista.txt > nova_lista.txt Com o mesmo exemplo mas para o final da linha:
sed 's/$/Fim da linha/' lista.txt > nova_lista.txt Também podemos combinar tudo num único comando que seria assim:
sed "s/.*/Inicio da linha&Fim da linha/" lista.txt > nova_lista.txt O resultado do ficheiro nova_lista…

The Zero Terminal (Portable Pi Zero W)

Há projectos do caraças e este Zero Terminal é um daqueles que faz todo o sentido quando utilizado com o novo Raspberry Pi Zero W!

Com um tamanho de um iPhone, têm ecrã de 3.5", uma bateria de 1500 mAh, HDMI Out e um teclado QWERTY completo deslizante. Só porque sim, quero um ;)

Fonte (AadM)