Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2012

XBMC com OpenELEC no Raspberry Pi: Tudo o que precisa saber

Neste artigo vou descrever todos os passos para retirar o melhor do pequeno Raspberry Pi aproveitando este fantástico Gadget como um "potente" Media Center de 35 dólares! 
Para isso vou usar o software XBMC através da distribuição OpenELEC, que é sem duvida a escolha ideal para quem quer usar uma maquina dedicada só para rodar o XBMC. Pois estes dois softwares completam-se um ao outro!

Este artigo será bastante direto e além de grande... será um espécie de Wiki em que vou adicionando-lhes passos para tirar o melhor do OpenELEC no RPi. Sempre que lhes adicione uma secção/passo deixarei um comentário no artigo com essa informação. 
Por isso mesmo se estiverem interessados em saber tudo sobre o XBMC no Raspberry Pi com o OpenELEC recomendo a que subscrevam desde já este artigo ;)

Nintendo Mini Wii

A Nintendo vai renovar a Wii como uma versão "Mini" sem rede wifi e sem suporte para jogos da Gamecube e isto a troco de 99 dólares!


Até pode ser interessante mas em alturas de lançamento da nova Wii-U, a Nintendo deveria concentrar todas às atenções nessa consola.

Isto nos próximos tempos vai ser cá uma confusão em matéria de plataformas de jogos... ui ;)

Micro Mini Cabine Arcade com o Raspberry Pi

Provavelmente esta é mesmo a cabine Arcade mais pequena do mundo! É caso para dizer... que fantástico micro-projeto ;)

Evil Dead (2013) : Cartaz de Cinema

Link salva a princesa Zelda : Short film

Espantoso mini-filme o deste youtuber com o Link a salvar a princesa Zelda através de 16 aparelhos da Apple!
Não é preciso ser fã da Nintendo nem da serie de jogos Legend of Zelda para colocar imediatamente este vídeo nos favoritos do Youtube. Muito bom ;)

Atualizar a firmware do Raspberry Pi

De modo a que tiremos o maior rendimento possível do pequeno Raspberry Pi, hoje vamos actualizar a firmware e o kernel do RPi.
O Raspberry Pi além de continuar a ser o pequeno computador mais barato do mercado, beneficia também por ter muito bom suporte da comunidade sendo também oficial o suporte para o modo turbo e para overclock total do sistema!

Ao contrario do que conhecemos da generalidade das maquinas, no RPi a firmware não fica gravada na placa, mas sim no cartão de memoria. Isto diz-nos que retirando ou apagando o cartão tudo volta ao inicio. Não existe portanto qualquer perigo de algo correr mal no update da firmware a não ser algum cartão de dados corrompido, isto na pior das hipóteses ;)

TMN Smart a15 - Smartphone low cost

A Tmn já têm disponível um novo smartphone Android low cost, este Tmn smart a15:


Smartphone fabricado pela ZTE, modelo Skate Acqua empacotado aqui pela TMN com o nome a15.  Com especificações bastante interessantes para o preço que têm, já com Android ICS e com processador a 1GHz e um generoso ecrã de 4'' TFT (480 x 800). Vendido na loja online da TMN por 149.90€.
O meu Optimus Boston já com mais de dois anos esta precisando de substituição e este a15 é um bom candidato. Ou então passo para a categoria seguinte e compro o Nexus 4 ;)

Caixa nova para o meu servidor unRAID

Um update que já tinha planeado há bastante tempo e que só agora ficou completo... Uma caixa nova para o meu servidor de ficheiros unRAID com gavetas removíveis para os discos na torre de cima a baixo!
Tudo material "low-budget", a caixa é uma AeroCool VS-9 escolhida a dedo por causa das suas nove baías de 5.25 polegadas. Depois seis gavetas adquiridas na DealExtreme para discos sata de 3.5". Estas gavetas tipo rack são abertas e só temos que encaixar o disco pela frente! Bem melhores na minha opinião que alguns modelos mais antigos em que temos uma gaveta fechada e em que colocamos o disco lá dentro.

Estas gavetas como disse foram todas adquiridas na DX, encomendas separadas com portes grátis e a duas e duas para evitar qualquer chatice alfandegaria. Tudo chegou em condições e nesse aspecto não existem queixas a fazer à DX. Apenas noto que as encomendas estão mais demoradas a chegar... Algumas destas gavetas demoraram sete semanas a chegar!!!

pyLoad no Raspberry Pi

Continuando no RPi e depois de ter instalado alguns programas para downloads de torrents e nzb, ficava talvez a faltar um download manager para http. Algo que funciona-se com os serviços de armazenamento de ficheiros como o Rapid-Share e etc.
Este pyLoad é um download manager escrito em python que não abusa muito do hardware para rolar bem. Depois de instalado no Raspbian podemos aceder a ele de diversos modos. Através do seu interface web ou também com clientes de terceiros que existem no Google Play e na App Store para ajudar a gerir melhor os downloads no pyload.

Como é uma aplicação python, vamos usar o seu código fonte para a instalação no RPi. A distribuição é a mesma dos meus artigos anteriores, o Raspbian sem interface gráfico e acedendo a ele por SSH. O utilizador que inicia o pyload é o user por defeito do Raspbian, o pi.

Fundo de investimento E.S Liquidez

E como há sempre uma primeira vez para tudo hoje faço a estreia da etiqueta economia aqui no blogue com este artigo relacionado com poupanças.
Em tempo de crise os cêntimos a sobrar ao fim do mês são cada vez menos, sendo também verdade que é em tempo de crise que temos que saber gerir melhor o nosso dinheiro. Dependendo dos investidores e mais para os muito conservadores, normalmente procuramos sempre aplicar alguns €uros em depósitos à prazo onde existe a garantia de capital... se é que neste mundo existe garantia de alguma coisa.


Mas às taxas dos depósitos à prazo estão a baixar e na procura de alternativas saiu-me esta sugestão deste fundo de investimentos da ESAF, o E.S Liquidez.

Fire with Fire (2012)

Acabei de ver: Fire with Fire (2012)
Filme de entretenimento com um Bruce Willis bastante secundário e onde Josh Duhamel e Vincent D´ Onofrio são as principais figuras.
Tudo se passa quando o bombeiro Jeremy Coleman (Josh Duhamel) testemunha um duplo crime acabando ele mesmo por conseguir escapar a uma morte certa. Quando Coleman entra na policia para identificar o responsável, este consegue também identificar Coleman. Assim e até ao julgamento, Coleman vai perder a sua identidade ao entrar num programa de proteção de testemunhas.
O vilão e autor do duplo homicídio é o genial Vincent D'Onofrio que mais uma vez constrói uma excelente personagem, e neste caso um perigoso vilão. D'Onofrio é o melhor deste filme e a partir dele tudo o resto é sempre a descer... Ainda assim a obra possui algum interesse e com algumas boas cenas de ação que garantem o entretenimento esperado dos seus "parcos" 97 minutos de duração.
Outro destaque é o curioso "volte-face" da pers…

O meu segundo Raspberry Pi...

Depois de tantas brincadeiras que tenho feito com o meu Raspberry Pi (transformei-o num mini-servidor com samba, mysql, e etc)...  E como um servidor é para estar sempre ligado como é que eu continuava a experimentar e a testar coisas novas no RPi ?
Só mesmo com outro Raspberrry Pi aproveitando também a chegada dos modelos novos já com 512MB de Ram. Na imagem seguinte o modelo de cima é o novo RPi-512 cá de casa ;)

Comprado na Inmotion.pt, e que quase chegou no próprio dia da encomenda beneficiando ainda de portes gratuitos!

Vamos lá ver o que é que ainda vou arranjar para este novo RPi...

Maldita Castilla (Trailer)

Ops... já temos trailer de Maldita Castilla, o novo jogo freeware do "nuestro hermano" Locomalito.
E desta vez, Locomalito criou um jogo de aventura de progressão horizontal que não é nem mais nem menos do que uma homenagem ao celebre Ghost'n'Goblins da Capcom!
Estou mesmo a ver que vou ter uma ótima prenda de Natal com esta Maldita Castilla ;)

CouchPotato no Raspberry Pi

Depois do Sickbeard e depois do SABnzbd, faltava só instalar o CouchPotato...



CouchPotato é o Sickbeard dos filmes, um aplicativo escrito em Python para procurar na web ficheiros .torrent e .nzb segundo alguns critérios definidos pelo utilizador.
Vamos instalar o CouchPotato no Raspbian a partir do seu código fonte:

1 - Instalamos o git (senão o tiverem já instalado):

apt-get install git-core
2 - Como anteriormente, vamos rodar o Couchpotato com o user Pi, por isso vamos clonar na home do Pi o pacote fonte:

git clone https://github.com/RuudBurger/CouchPotatoServer.git /home/pi/my-couchpotato
3 - Porque querenos que o CouchPotato rode no arranque do RPi, adiciona-mos a seguinte linha ao ficheiro rc.local (nano /etc/rc.local):

 su -c "python /home/pi/my-couchpotato/CouchPotato.py" pi &
4 - Reiniciamos o RPi com um reboot:
reboot

Depois é começar a configurar o CouchPotato "ao gosto do freguês" no seguinte endereço:

http://ip_do_raspberry:5050
Mais tutoriais para o RPi…

wtf... Z ?

Partição Swap e ajustes no Raspberry Pi

Depois de termos montado um disco USB no RPi, um dos benefícios que podemos retirar era passarmos todo o sistema para correr no disco USB e com isso ganhar alguma rapidez. Ou então desativarmos a partição swap que o Raspbian cria no cartão SD, e criarmos um ficheiro swap no disco rígido.
Com os acessos ao disco maiores que acessos ao cartão SD, movermos a swap para o disco ganha-se também alguma rapidez. Mais importante ainda poupamos mais o cartão SD em escrita, e vocês sabem em como a memoria flash tem uma duração limitada nesse campo.
Então fazemos isso passamos a usar o disco rígido como memoria fazendo a cache no disco...

Rsync e SSH copiando ficheiros pela rede automáticamente.

Isto de andar a brincar com o Raspberry Pi como servidor, acabou por me criar um pequeno problema... Então se eu já tinha um NAS personalizado e mais potente para arquivo e proteção de ficheiros, que faria agora com os ficheiros partilhados no RPi ?
Eu precisava arranjar uma forma de sincronizar pastas pela rede de modo a arquivar transferido ficheiros novos ou alterados do RPi para o meu NAS de forma automática! Pois não quero trabalhos adicionais ;)
Depois de alguma pesquisa e muita batuta, arranjei e adaptei a seguinte solução (Os 3 passos):
1 - MaqA com ip 192.168.1.89 é o RPi, este eu esqueço-me dele sempre ligado pois gasta apenas 3.5W. Pretendo  guardar os ficheiros partilhados que estão no diretório (home/pi/downloads/USB/Media) da MaqA
2 - MaqB com ip 192.168.1.68 é o Unraid, este esta quase sempre desligado, é mais guloso e gasta 33W. Pretendo  guardar os ficheiros do RPi em (/mnt/user) nesta MaqB.
E para sincronizar ficheiros e pastas nada melhor que o Rysnc em conjunto co…

Cpulimit no Raspberry Pi

E o artigo de hoje é na realidade uma especie de truque de magia que tem feito com que o meu pequeno Raspberry Pi rode os programas que tenho instalado no Raspbian. O MySQL a rolar ao mesmo tempo que o SABnzbd, mais o Sickbeard e ainda com visualizações de media através de redes samba partilhadas pelo RPi... só é mesmo possível por causa desta aplicação chamada de Cpulimit, que é cinco estrelas.
Este Cpulimit é uma aplicação que limita a carga que um processo faz sobre o CPU. O Cpulimit não mata nem fecha aplicações, apenas agarra nesses processos e não deixa que ocupem demasiado o CPU.

Backups do SDCard no Raspberry Pi

Com tantas configurações e com tantas instalações de programas no meu RPi com o distro Raspbian, esta na hora de efetuar um backup do cartão SD.
É verdade que os cartões SD já são bem baratos e até existem alguns fabricantes a darem garantias de 10 anos para os cartões que fabricam. Mas um cartão SD de memoria flash mais tarde ou mais cedo dará o "berro" com tanta escrita que um sistema operativo acaba por fazer.

Assim nada melhor como ter backups do cartão numa imagem que pode ser restaurada mais tarde se algo correr mal, e com isto mantendo tudo como antes a funcionar. 
Isto podia-se fazer de inúmeras maneiras... desligando o RPi, retirando o cartão e levando esse cartão para outro computador. Mas melhor ainda é fazer esse backup no próprio RPi usando o velho comando dd.
É claro que precisa-se ter algo fisicamente ligado ao RPi, como um disco rígido ou uma USB-Pen maior que o cartão de memoria onde roda o sistema operativo. Então para efetuar o backup do cartão para o dis…

The Grandmasters: Trailer de Cinema

Mais um épico Chines sobre a historia do treinador de Bruce Lee, o Ip Man... promete!

SABnzbd no Raspberry Pi

Na ultima semana com tantos artigos destinados ao Raspberry Pi entre outras tantas experiencias, acabei mesmo por instalar com sucesso o SABnzbd no pequeno RPi! E foi desta vez que acabei surpreendido com os resultados e com a performance do SABnzbd no Raspberry ;)
O sistema é o mesmo de todos estes artigos que tenho escrito sobre o Raspberry. É o Raspbian sem ambiente gráfico num cartão SD Classe 10. O user Pi executa os programas e todas às configurações e diretorias são às mesmas ou são semelhantes aos artigos anteriores. Isto tudo além de facilitar, dá uma boa continuidade para alguns de vocês que queira seguir estes passos.
E antes de começarmos a instalar o SABnzbd convém explicar para que serve afinal essa aplicação...

O SABnzbd é uma aplicação Open Source escrita em python que serve para ler os ficheiros binários dos newsgroups a partir dos ficheiros .nzb. É mesmo a mais evoluída aplicação do gênero para usar com a Usenet. É bastante configurável tendo opções para tudo... rep…

Sickbeard no Raspberry Pi

No artigo de hoje deixo às instruções para instalarmos o Sickbeard no Raspberry Pi e na distribuição que venho usando, o Raspbian!


Sickbeard é uma aplicação em python para organizar episódios e series de tv. Possui um calendário e organiza episódios de tv antigos e novos. Renomeia os ficheiros, adiciona-lhes informação e screen-shots a cada episodio e comunica com diversos serviços.

Tudo é feito automaticamente depois de configurado pelo utilizador. SickBeard pode procurar por ficheiros .torrent e .nzb, e comunica ou deixa esse ficheiros na watch folder de clientes de torrents e nzbs. O Sickbeard faz tudo isso e muito mais... muitíssimo bem!

NZBGET no Raspberry Pi

Mais um artigo e mais uma utilização que podemos dar ao pequeno computador de 35 dólares. Hoje Vamos instalar o NZBGET!
O NZBGET é um cliente de usenet que usa os ficheiros .nzb para descargas dos newsgroups. É super-levezinho e trabalha muito bem em maquinas até inferiores ao RPi como alguns routers, NAS e até alguns media-players. No Raspberry Pi e nesta instalação o NZBGET ficará apto a funcionar corretamente no RPi. Com extração, verificação e reparação automática dos ficheiros RARs sacados dos newsgroups.


Nota que a verificação e reparação de PARs/RARs a acontecer levará bastante tempo e ocupará na totalidade o CPU do RPi. Durante verificações e reparações a download queue fica em pausa, e numa extração de ficheiro com sucesso, os RARs originais serão apagados. Estas opções e outras podem ser modificadas no ficheiro nzbget.conf.
Depois desta explicação e se já têm uma conta de usenet vamos lá começar... A base da configuração e os diretórios e pastas são os mesmo dos meus anteri…